terça-feira, 9 de setembro de 2008

Do Universo "Pulp Fiction" - nem o Tarantino fazia melhor!


Um homem de 31 anos foi baleado dentro da esquadra da PSP de Portimão quando apresentava queixa. O homem está a ser submetido a uma intervenção cirúrgica. O agressor, de 60 anos, está a ser interrogado nas instalações da Polícia Judiciária.

A vítima deslocou-se à esquadra, pelas 12h, para apresentar queixa, alegadamente após uma discussão entre ambos, onde foi surpreendido pelo agressor, relataram à Agência Lusa fontes da polícia.

O agressor disparou três tiros, com uma pistola de calibre 22. Dois disparos atingiram a vítima no abdómen e um na boca. O homem foi transportado com vida para o Hospital do Barlavento. Fonte do hospital confirmou que o prognóstico do homem baleado é reservado.

O autor dos disparos foi detido de imediato. Está a ser interrogado pela Polícia Judiciária, que o apresentará ao juiz de instrução criminal do Tribunal de Portimão.

As instalações da esquadra da PSP de Portimão estiveram fechadas até às 14 horas, altura em que terminou a recolha de dados de prova pela Polícia Judiciária.

1 comentário:

  1. Anónimo13:06

    Onde vão já os brandos costumes...

    ResponderEliminar