quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Cristiano Ronaldo

É o nome mais falado no meio desportivo português.

Saiu da Madeira, de casa dos pais, com 11 anos, passando a viver e a treinar na Academia do Sporting. É assim que se constroi um campeão, muito, intenso, trabalho e sacrificio desde os primeiros anos de vida. Os senhores jornalistas e restante povo, que pense um pouco, antes de exigir igual rendimento a outros atletas. Continuo com a mesma opinião, os grandes resultados alcançados, são obra do acaso e do esforço único dos atletas. É uma afronta, agora, começarem a mencionar os 14milhões investidos pelo Estado. Enfim, vai para o anedotário nacional.

2 comentários:

  1. Miguel,

    eu até entendo a tua indignação relativamente à onda de negativismo dos portugueses para com a Selecção Olímpica. Em todo o caso, não posso deixar de te lembrar que os atletas que ali estão não estão em nome individual. Fazem parte de uma selecção de atletas que representam um país, neste caso o nosso, e que eles próprios, nas declarações que foram fazendo antes dos jogos, foram criando expectativas nos portugueses que acompanham de perto os seus desempenhos. Ser atleta de alta competição, tal como disse, e bem, a Vanessa Fernandes, exige ATITUDE! E o que se percebe em alguns atletas (não em todos como é evidente) é uma falta de atitude e, pior, falta de noção de que estão em Pequim a representar o seu país, a sua bandeira, o seu hino. Para o bem e para o mal, estão integrados numa selecção. Tem que haver brio! E, independentemente do esforço de cada um, em muitos casos, concordarás, não houve.

    ResponderEliminar
  2. Diogo14:24

    Noventa por cento do País é treinador de bancada.

    ResponderEliminar