sexta-feira, 16 de março de 2007

Gulbenkian

A Fundação Gulbenkian está a redesenhar os jardins pela mão do arquitecto Gonçalo R. Telles. Percorrendo o corredor esquerdo paralelo à António Augusto Aguiar, a intervenção paisagista é quase sobrenatural, lembra um bosque negro pela cor e rivaliza com a estética e simplicidade japonesa, espelhos circulares (ou meia lua) de água com no max 2m de diâmetro, cruzam árvores, constroem formas, jogam com a luz. O resulto é Estupendo!

Sem comentários:

Publicar um comentário